Extraordinária com presença do prefeito tem como tema saúde; dois projetos aprovados na Ordem do Dia

2
278

 

Na 12ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Itatiba, ocorrida nesta quarta-feira (19), causou polêmica o requerimento 221/2017, do vereador Cornélio da Farmácia (PSDB). A propositura solicita ao presidente da Câmara, vereador Flávio Monte (DEM), a formação de uma Comissão Especial para acompanhar as tratativas contratuais entre a Prefeitura e a Santa Casa de Misericórdia. O grupo teria seis vereadores que acompanhariam, de forma oficial, os fatos ocorridos na Santa Casa.

Em meio à discussão, o prefeito Douglas Augusto chegou ao Plenário. Devido a sua presença, os vereadores pediram para que o mesmo pudesse usar da palavra. O presidente Flávio Monte, com base no artigo 11 da Lei Orgânica Municipal, convocou a 11ª sessão extraordinária, após término da ordinária. A finalidade única foi ouvir o prefeito para explanação sobre a questão da saúde. A discussão do requerimento 221/2017 continuará na próxima sessão.

Extraordinária

Douglas, então, fez uso da palavra por 30 minutos. Em seguida, cada vereador teve cinco minutos para perguntas. Roselvira Passini (DEM), Sidney Ferreira (PSDB) e Thomás Capeletto (PSDB) questionaram o alcaide. Em sua fala inicial, o prefeito explanou sobre a situação de débitos da Prefeitura para com a Santa Casa, que ocorre desde a gestão anterior. Também pontuou novos projetos como Acelera Saúde e Hora Certa, que já dinamizaram o atendimento.

Em resposta a uma das perguntas, Douglas disse que a orientação à população, no momento, é que em caso de sintomas leves, como febre ou diarreia, procurar atendimento na UPA. Em caso de queixas mais graves, deverá procurar a Santa Casa.

“Estou aqui em respeito ao Legislativo. É preciso divulgar as informações corretas. Houve melhora em muitos indicativos. Me coloco à disposição da população, nas ruas e nas redes sociais”, afirmou o prefeito.

Ordem do Dia

Dois projetos de lei foram aprovados.

Em segunda discussão, foi apreciado o PL 10/2017, do vereador Du Pedroso (PPS), que dispõe sobre a prestação de serviço de transporte individual, em táxis, de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. O transporte por táxi poderá contar com serviço especializado para atender as pessoas com necessidades especiais, portadores de deficiência física, idosos e outros com mobilidade reduzida, sem caráter de exclusividade. O projeto foi aprovado com 15 votos e uma abstenção, de Edvaldo Hungaro (PDT).

Em primeiro turno, o PL 18/2017, do vereador Sérgio Rodrigues (PPS), institui o Dia do Combate à Violência Contra a Mulher no município, a ser celebrado no dia oito de março. Nesta data, ou na respectiva semana, a critério do Poder Executivo, será realizada a “Caminhada pela paz”, que terá como símbolo uma bandeira branca e como objetivo combater a violência contra as mulheres. A matéria recebeu parecer favorável das comissões permanentes e aprovação unânime do Plenário.

Também em primeira discussão, o PL 21/2017, de Roselvira Passini (DEM), autoriza os moradores de unidades adquiridas por meio de programas habitacionais subsidiados pelo governo a manterem cães e gatos na moradia. A medida valerá também para os cidadãos já contemplados anteriormente em qualquer programa habitacional subsidiado pelo governo. O vereador Hiroshi Bando (PP) solicitou o adiamento, por uma sessão, que foi aprovado com três votos contrários: Ailton Fumachi (PR), Fernando Soares (PR) e Feitosa (DEM).

Requerimentos e indicações

17 requerimentos foram aprovados por unanimidade aos seguintes órgãos: CPFL, Sabesp, DER, Polícia Militar e Prefeitura. Já as 65 indicações foram encaminhadas ao Poder Executivo Municipal para providências. Consulte aqui para acessar todas as proposituras desta sessão.

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu sou Fabiano Angelon,sou jardineiro particular,minha pergunta é o seguinte antes de dizer algo,parabéns Prefeito Douglas Augusto,eu tiro chapéu para você,agora seus vereadores eu ainda vou dizer abertamente não gostei nada dessa ultima Sessão agora tudo bem o prefeito disse entendo respeito,mas porque seus vereadores principalmente os da mesa corta imagem tempo de falar isso aquilo ,não gostei dessas atitudes e os ouvintes ficou por isso mesmo,bom resumindo minha opinião porque o prefeito não coloca um whatsapp da Câmara de Itatiba na hora das Sessões e outra coisa,eu adoro o jeito do Prefeito de Campinas faz tem um Programa de Rádio toda segunda-feira chamado Café com Prefeito que vai ao ar,e deixa o whatsapp da rádio ligado nessa hora da Programação,para os ouvintes perguntar e o Prefeito responder,resumindo isso chamamos atitude de ouvir o Povo,respeito Douglas acredito no seu trabalho ok,mas precisa mais ouvir o Povo que acha dessas coisas não mandar ir só ai assistir isso aquilo,porque essas atitudes que foi tomada da mesa e de seu vereadores puramente ridículo,vou continuar torcendo para melhorar isso porque caso da Santa Casa gente meu Deus gente, passando mal e vocês ainda discutindo isso aquilo o Povo quer saber da saúde!!!Muito obrigado gostaria que atendesse meu pedido no respeito é minha opinião,muito obrigado e gostaria que respondesse isso muito obrigado!

Deixe uma resposta